5 dicas para controlar a ansiedade na corrida pelo sonhado cargo público

Inquietação, problemas no sono e dificuldade de concentração são alguns dos sintomas de um transtorno bem conhecido dos concurseiros: a ansiedade. Não é para menos. Quem deseja ingressar no serviço público frequentemente se submete a uma rotina desgastante de estudos e precisa lidar com muita pressão.

Mas controlar o psicológico é fundamental para obter bons resultados nas provas. Pesquisas mostram que a liberação do cortisol, conhecido como hormônio do estresse, pode causar a diminuição do hipocampo quando em excesso. E é exatamente nessa região em que guardamos nossas lembranças e conhecimentos.

Além de prejudicar nossa capacidade de armazenar informações, a ansiedade pode prejudicar o desempenho na hora da prova. Quem nunca errou uma questão por puro nervosismo ou enfrentou dificuldades na hora da redação porque estava inquieto demais para pensar com clareza? Por isso, quem consegue manter-se tranquilo e focado sai na frente.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 18,6 milhões de brasileiros sofrem com transtorno de ansiedade, o que representa 9,3% da população.

Para ajudá-lo nessa batalha contra a ansiedade, separamos algumas dicas. Confira abaixo:

1)      Cuide do corpo

Alimentação desequilibrada e sedentarismo são algumas das causas da ansiedade. Assim, para manter a mente saudável durante o período de preparação para concurso é fundamental cuidar do corpo. Caminhada, yoga e meditação são algumas das atividades mais recomendadas. Trocar alimentos industrializados por aqueles in natura e ingerir alimentos ricos em antioxidantes também ajuda no controle do estresse.

2)      Planeje-se

Um bom planejamento dos estudos garante maior tranquilidade durante a preparação. Ter um plano que indique os momentos e a ordem para executar cada atividade dá segurança ao candidato, que não precisa se preocupar a toda hora em definir o próximo passo.

Se puder contar com ferramentas que auxiliem no seu planejamento, melhor ainda. A plataforma da Trilha do concurso por exemplo, traça um plano de estudos de acordo com a disponibilidade de horários, os objetivos e as características do concurseiro e indica até o dia em que irá concluir os estudos. Dessa forma, o aluno pode se concentrar só no que interessa: o conteúdo do edital.

3)      Defina metas realistas

Ter metas claras é parte de um bom plano de estudos, mas se essas metas forem ambiciosas demais podem acabar estressando e desmotivando o estudante.

Quem utiliza a plataforma da Trilha do concurso tem metas diárias – e factíveis – a cumprir. Essas metas são definidas com ajuda de Inteligência Artificial, levando em consideração os objetivos e a disponibilidade do aluno. Tudo para uma preparação eficiente e sem atropelos.

4)      Cuidar do local de estudo

Um ambiente bagunçado pode aumentar a inquietação, por isso é importante manter o local de estudos organizado. Retirar os pontos de distração do ambiente, utilizar uma cadeira confortável e adotar uma boa fonte de iluminação também ajudam a manter o foco durante os estudos.

5)      Prepare-se na véspera

Para que o dia da prova seja mais tranquilo, deixe tudo pronto na véspera. Separe os documentos, materiais e lanches. Fazer uma caminhada no dia anterior à prova também é ótimo para controlar a ansiedade e ajuda inclusive a ter uma boa noite de sono.

5 dicas para controlar a ansiedade na corrida pelo sonhado cargo público

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo
Trilha do Concurso